As cookies são importantes para o correto funcionamento deste site e são usadas para melhorar a sua experiência. Clique em OK para as aceitar e avançar ou consulte a nossa política de privacidade para ver a descrição detalhada do tipo de cookies que usamos.

OK
pt
Newsletter
ed-on-glossario

saber mais

Última atualização a 9 de março de 2022

No final do ensino obrigatório, a maioria dos portugueses opta por continuar os estudos. Seguiram para o ensino superior 58,4% dos alunos que concluíram o secundário em 2018/19. Nos últimos anos, esta percentagem tem-se mantido sensivelmente na mesma proporção.

No final do ensino secundário, cerca de 86% dos jovens que concluíram um curso científico-humanístico decidem continuar os estudos. Essa é também a opção para quase 11% dos que terminaram um curso profissional. Nos últimos anos, a percentagem de jovens que concluíram cursos científico-humanísticos e ingressaram no ensino superior tem-se mantido, e o mesmo se verifica quanto aos jovens que finalizaram os cursos profissionais.

Entre os que concluíram um curso científico-humanístico em 2018/19, a opção de prosseguir para o ensino superior é mais frequente para os jovens que estudaram no Norte e Centro do país. Em alguns concelhos dessas regiões (Oliveira de Frades, Arganil e Pampilhosa da Serra), a percentagem dos jovens que prosseguiram para o ensino superior está acima dos 95%. O Alentejo e o Algarve são as regiões onde é menos frequente encontrar alunos à saída do ensino obrigatório que tenham prosseguido para um curso superior.

Em geral, a percentagem de jovens em cursos profissionais por concelho é inferior à dos que concluíram um curso científico-humanístico. Para os que terminaram um curso profissional em 2018/2019 apenas em seis concelhos há uma maioria de alunos a prosseguir para o ensino superior (Batalha, Proença-a-Nova, Vila Flor, Vila Nova da Barquinha, Lourinhã e Golegã). Neste caso, a distribuição territorial dos alunos que prosseguiram os estudos apresenta maior dispersão, não se concentrando em regiões específicas.

Receba as nossas novidades e alertas

Acompanhe todas as novidades.
Subscrever