As cookies são importantes para o correto funcionamento deste site e são usadas para melhorar a sua experiência. Clique em OK para as aceitar e avançar ou consulte a nossa política de privacidade para ver a descrição detalhada do tipo de cookies que usamos.

OK
pt en
Newsletter
Turmas mais pequenas, melhores resultados?
Ciência 03.12.2021 Tempo de leitura: 6 min

Turmas mais pequenas, melhores resultados?

A redução do número de alunos por turma é uma política pública com vantagens e desvantagens que têm sido amplamente discutidas. Por um lado, permite um ensino mais individualizado, em que o professor tem a possibilidade de identificar melhor as necessidades de cada aluno. Por outro, o menor número de alunos pode reduzir a heterogeneidade das turmas, bem como diminuir a autonomia do aluno e o sentido de trabalho cooperativo, podendo criar problemas logísticos às escolas em termos de espaço e de recursos humanos.


relacionados
Como podem as tutorias ajudar a recuperar a aprendizagem?
Ciência 27.04.2021 Tempo de leitura: 4 min

Como podem as tutorias ajudar a recuperar a aprendizagem?

Um ano de pandemia e vários meses de encerramento das escolas depois, a aferição das perdas de aprendizagem ganha particular relevância. Inicia-se também um debate sobre possíveis programas de recuperação de aprendizagem, em particular para aqueles alunos que já apresentavam dificuldades antes da pandemia, ou que estão integrados em contextos familiares mais desfavorecidos.

A importância da hora a que toca para a aula
Ciência 17.11.2020 Tempo de leitura: 4 min

A importância da hora a que toca para a aula

O desafio da construção dos horários é comum à maioria das escolas, tendo consequências mais ou menos óbvias na vida dos alunos. Um estudo acabado de sair acrescenta novos dados ao que nos diz a investigação sobre a importância da hora a que toca para a aula. Afinal, os bons resultados têm um horário específico?

Valerá a pena entrar na escola mais cedo?
Ciência 15.09.2020 Tempo de leitura: 5 min

Valerá a pena entrar na escola mais cedo?

No início de mais um ano letivo, muitos alunos preparam-se para entrar para o primeiro ano do Ensino Básico. Para muitos pais, este é também um momento de incerteza. Muitos duvidam da maturidade dos seus filhos para enfrentarem este novo período das suas vidas. Questões sobre a idade de entrada na escola são da maior pertinência, sobretudo para os pais de alunos que nasceram nos últimos meses do ano, e que, à partida, terão um diferencial de idade maior em relação aos seus colegas de turma.

Os exames em exame
Ciência 01.09.2020 Tempo de leitura: 5 min

Os exames em exame

Uma prova igual para todos permite que estudantes, pais e escolas tenham uma melhor perceção do nível de conhecimentos de cada aluno e do estado da educação do país. Se há dados que mostram que as provas constituem um incentivo para que se atinjam as metas de aprendizagem, mantêm-se críticas sobre o seu efeito nas disciplinas não sujeitas a exames. O que concluem, afinal, os estudos científicos sobre a realização de exames?


relacionados
Será a distância igual para todos?
Ciência 26.03.2020 Tempo de leitura: 7 min

Será a distância igual para todos?

Com o fecho forçado das escolas e universidades ainda mais importa perceber o que já se sabe sobre o impacto das aulas online no aproveitamento dos alunos. Um estudo muito recente feito numa universidade pública suíça revela que este meio de ensino pode agravar as diferenças entre os alunos com pior e melhor aproveitamento.

Vias Profissionalizantes: melhor à partida, por vezes nem tanto a meio da vida
Ciência 30.01.2020 Tempo de leitura: 5 min

Vias Profissionalizantes: melhor à partida, por vezes nem tanto a meio da vida

Um dos principais objetivos da abertura de vias profissionalizantes no sistema de ensino é facilitar a transição entre a escola e o mercado de trabalho, criando diferentes caminhos e currículos que permitam obter uma qualificação profissional e, em muitos casos, a conclusão do ensino obrigatório.

De onde provém a desigualdade no desempenho escolar: das famílias ou das escolas?
Ciência 17.12.2019 Tempo de leitura: 4 min

De onde provém a desigualdade no desempenho escolar: das famílias ou das escolas?

A entrada no mercado de trabalho e o nível de salário dependem muito das escolhas feitas durante o percurso escolar. E as desigualdades que se verificam no mundo laboral refletem, muitas vezes, uma realidade que se vem construindo desde os anos passados na escola. Torna-se assim relevante a identificação das causas da desigualdade no desempenho escolar e consequentemente no nível de qualificações bem como nos rendimentos entre trabalhadores.

Dar um passo atrás para dar dois à frente? O impacto das retenções no aproveitamento escolar
Ciência 22.11.2019 Tempo de leitura: 7 min

Dar um passo atrás para dar dois à frente? O impacto das retenções no aproveitamento escolar

Reter alunos com menor aproveitamento tem um efeito limitado, por vezes positivo, por vezes negativo, sobre esses alunos. Mas a questão é muito mais complexa: a formação de todos os alunos melhoraria ou pioraria com um eventual fim das retenções? Que instrumentos de avaliação interna e externa seriam necessários para monotonizar tal política? Alguns estudos rigorosos, tanto internacionais como nacionais, fornecem várias pistas.

Frequentar o ensino pré-escolar compensa? - impactos no desenvolvimento da criança
Ciência 19.11.2019 Tempo de leitura: 5 min

Frequentar o ensino pré-escolar compensa? - impactos no desenvolvimento da criança

Cada vez mais crianças frequentam o ensino pré-escolar. Uma decisão tomada por muitos pais por razões profissionais, mas que acaba por beneficiar o desempenho escolar das crianças a longo prazo.

Como se mede um bom professor
Ciência 22.10.2019 Tempo de leitura: 8 min

Como se mede um bom professor

Como se pode definir um bom professor? Porquê que alguns têm mais impacto que outros na aprendizagem dos seus alunos? E como é que isso se traduz na vida dos alunos? A economia da educação tenta responder a estas questões, usando métricas concretas.

Estudar mais compensa, mas quanto?
Ciência 22.10.2019 Tempo de leitura: 7 min

Estudar mais compensa, mas quanto?

Vários estudos provam que quanto mais se estuda, maior será o salário. Genericamente, por cada ano de escolaridade a mais, o salário aumenta, em média, cerca de 10%. Mas, os benefícios são também para a sociedade: maior educação gera menor criminalidade e melhores níveis de saúde.

Receba as nossas novidades e alertas

Acompanhe todas as novidades.
Subscrever