As cookies são importantes para o correto funcionamento deste site e são usadas para melhorar a sua experiência. Clique em OK para as aceitar e avançar ou consulte a nossa política de privacidade para ver a descrição detalhada do tipo de cookies que usamos.

OK
pt en
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z A-Z

Ensino a distância

O Ensino a Distância é uma modalidade educativa e formativa em que o processo de ensino ocorre predominantemente com separação física entre os intervenientes, designadamente docentes e alunos, através de meios tecnológicos, tais como uma plataforma digital, constituída por salas de aula virtuais, organizadas por público-alvo, ano e ciclo de escolaridade, com recurso a formas de trabalho síncronas e assíncronas. Em Portugal, para os ensinos básico e secundário apenas está previsto legalmente para alunos que comprovadamente não podem frequentar o ensino presencial (como o dos alunos em unidades de alto rendimentos, com problemas de saúde que os impeçam de frequentar presencialmente a escola ou filhos de profissionais itinerantes).

No ensino superior essa modalidade é utilizada de forma mais frequente, um pouco por todo o mundo. Em Portugal existe uma instituição pública - a Universidade Aberta - que se destina exclusivamente ao ensino a distância. Outras instituições de ensino superior usam esta modalidade para lecionar alguns conteúdos.


Enviesamento da amostra

Verifica-se um enviesamento ou viés amostral quando na amostra que se utiliza e a partir da qual se pretende tirar conclusões estatísticas sobre a população predominam elementos que introduzem um erro sistemático. Num processo de amostragem enviesado os elementos não são escolhidos de forma a terem a mesma probabilidade de serem incluídos, o que propicia distorções. Em termos comuns, diz-se que tal amostra «não é representativa», embora os estatísticos clássicos não gostem do termo «representatividade».
 
Enviesamento de seleção ou efeito de seleção é um fenómeno semelhante, mas em geral refere-se a limitações provocadas pelo processo de observação. Esse processo impele a uma seleção dos elementos observados em que o não enviesamento é difícil ou impossível de garantir.


ESCS

Índice ESCS (index of economic, social and cultural status) é uma medida compósita que combina num único índice os recursos financeiros, sociais, culturais e de capital humano disponíveis para os estudantes. Este índice é derivado a partir de três dimensões chave: habilitações académicas dos pais, ocupação profissional dos pais, equipamentos culturais e educacionais em casa (p. ex. número de livros, TV, internet, quarto individual). No computo do ESCS todos os membros da OCDE foram igualmente ponderados.
 

veja também

Receba as nossas novidades e alertas

Acompanhe todas as novidades. Subscrever