As cookies são importantes para o correto funcionamento deste site e são usadas para melhorar a sua experiência. Clique em OK para as aceitar e avançar ou consulte a nossa política de privacidade para ver a descrição detalhada do tipo de cookies que usamos.

OK
pt en
Ser Pro - AE Eduardo Gageiro

Carlos Candeias, diretor do Agrupamento de Escolas Eduardo Gageiro, explica as razões que levaram o agrupamento a aliar-se ao programa Ser Pro

Ser Pro - GFI

Vera Conceição, Talent Manager da GFI Portugal, fala das vantagens em ser uma empresa parceira do programa Ser Pro

Ser Pro - Aluno do curso de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas de Informação

Francisco Oliveira conta porque escolheu o curso Técnico de Gestão e Programação de Sistemas de Informação

Ser Pro - Coordenadora do curso de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas de Informação

Cláudia Barata, coordenadora do curso Técnico de Gestão e Programação de Sistemas de Informação, destaca as mais valias do programa Ser Pro

Ser Pro - Aluna do curso de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas de Informação

Mariana Robalo fala da escolha do curso Técnico de Gestão e Programação de Sistemas de Informação

Ser Pro - Bicasco

António Santos, da Bicasco Lda fala das vantagens do programa Ser Pro para a empresa

Ser Pro - Aluno de eletrónica, automação e comando

Aluno de eletrónica, automação e comando (agricultura 4.0), explica porque optou por este curso

Ser Pro - Aluna do Curso de Técnico de Desporto Náutico

Joana Pereira, aluna do curso de Técnico de Desporto Náutico, descreve as vantagens desta via

Ser Pro - Câmara de Salvaterra de Magos

Presidente da Câmara de Salvaterra de Magos fala da parceria do município com o programa Ser Pro

Ser Pro - Aluno do curso de Técnico de Desporto com componente náutica

Aluno do curso de Desporto com componente náutica fala das razões que o levaram a seguir esta via

Ser Pro - Escola Profissional de Salvaterra de Magos

Diretor da Escola Profissional de Salvaterra de Magos fala das vantagens de se aliar ao Ser Pro

Ser Pro - AE de Santa Maria dos Olivais

Diretor Agrupamento de Escolas Sta Maria dos Olivais, António Cruz

Ser Pro - AE Sebastião da Gama

Diretora do agrupamento de escolas Sebastião da Gama, em Setúbal

Ser Pro - Diretora do curso de Desporto Náutico

Diretora do curso de Desporto Náutico conta como é uma mais valia a parceria do programa Ser Pro

Ser Pro - Diretor do curso de Técnico de Eletrónica, Automação e Computadores

José Soalheiro, diretor do curso de de Técnico de Eletrónica, Automação e Computadores

Ser Pro - Diretor do curso de Técnico de Eletrónica, Automação e Comando

José Carvalho, diretor do curso de Técnico de Eletrónica, Automação e Comando (componente agricultura de precisão (4.0))

Ser Pro - Aluno do curso de Técnico de Eletrónica, Automação e Computadores

Guilherme Teotónio, aluno de eletrónica, automação e computadores

Ser Pro - Schneider Electric

Fátima Borges, da Schneider fala das vantagens do programa Ser Pro para a empresa

Ser Pro - Aluno do curso de Técnico de Eletrónica, Automação e Computadores

Diogo Cardoso, aluno de eletrónica, automação e computadores

Ser Pro - Câmara Municipal de Setúbal

Vereador de Setúbal, Ricardo Oliveira fala das razões que levaram o município a aliar-se ao Ser Pro

Ser Pro - Aluno do curso de Técnico de Eletrónica, Automação e Comando

André Pereira, aluno de eletrónica, automação e comando (agricultura de precisão 4.0)

Queremos contribuir para melhorar a qualidade da educação e formação em Portugal, promovendo a integração de jovens na Escola e reduzindo o défice de técnicos especializados nas Empresas. 

O Programa Ser Pro pretende criar maior proximidade entre a vida na escola e a vida na empresa, de modo a oferecer um percurso educativo mais próximo dos objetivos de muitos alunos, facilitando a sua transição para a vida ativa com qualificações adequadas que permitam aumentar o emprego ou a prosseguirem os seus estudos com uma maior confiança.

Teresa e Alexandre Soares dos Santos – Iniciativa Educação espera que este programa possa ser replicado, a fim de ajudar mais jovens a obter uma Educação com benefícios para o seu futuro e para o país. 

O alargamento da escolaridade obrigatória até aos 18 anos criou novas condições aos jovens para quem prosseguir os estudos não era opção. É de extrema importância que todos tenham a possibilidade de ir mais longe no seu percurso escolar, de forma a poderem satisfazer a ambição de uma vida plenamente realizada e sentirem-se integrados na sociedade.  

Para as empresas, este novo quadro cria também desafios no recrutamento. Por um lado, a sociedade é hoje mais exigente e as empresas já não procuram colaboradores de baixo rendimento; por outro, parte dos jovens que se mantêm até aos 18 anos na escola já não aceitam uma aprendizagem alheada de uma formação profissional e pouco articulada com o mundo do emprego

O problema da transição do percurso educativo (obrigatório) universal para o prosseguimento de estudos ou para o mercado de trabalho tem merecido a atenção de todos os países europeus, sendo mais pertinente naqueles em que a formação profissional está menos desenvolvida e a escolaridade é obrigatória até aos 18 anos. Portugal instituiu a universalização da escola até aos 18 anos em 2012, poucos anos depois de ter implementado a generalização da oferta profissional em quase todas as escolas. Contudo, mantém-se o problema do ajuste das formações profissionalizantes às oportunidades de trabalho em cada região, bem como a aproximação e articulação profícua entre a escola e as empresas. 

O Programa Ser Pro tem por objetivo contribuir para o desenvolvimento do ensino profissional, aproximando escolas e empresas, ajudando a construir cursos adequados e alargando o leque de opções disponíveis para os alunos do ensino secundário.  

Não havendo em Portugal uma tradição (generalizada) de interação regular entre a escola, as empresas e outros parceiros, este Programa vai ajudar a desenvolver o interesse de várias entidades na construção de um futuro melhor para os jovens. 

  • A ESCOLA tem frequentemente dificuldades compreensíveis em identificar as áreas de maior relevância e encontrar formadores bem ajustados à prática nas empresas.  
  • A EMPRESA conhece as suas dificuldades de recrutamento, mas muitas vezes não sabe encontrar os interlocutores certos no sistema educativo.  
  • Os MUNICÍPIOS conhecem as carências dos seus territórios, mas têm muitas vezes dificuldade em intervir, e sentem a falta de instrumentos eficazes para a criação de emprego mais qualificado e o desenvolvimento das empresas da sua região. Sentem-se corresponsabilizados pelo insucesso e abandono escolares e pelos problemas sociais daí decorrentes, e têm vontade de intervir antecipadamente, mas faltam-lhes frequentemente os meios para o fazer sem chocar com as estratégias das escolas e das empresas.  

A intenção desta Iniciativa é a de reunir as várias vontades para que, em conjunto, se desenvolvam cursos profissionais que contribuam para combater o abandono escolar, colmatar o défice de técnicos especializados, e ainda para oferecer aos jovens um futuro melhor, que lhes permita colaborar no desenvolvimento das suas regiões.  

Do lado dos JOVENS, a escola aparece muitas vezes descontextualizada da sua vida e dos seus objetivos. Esta realidade dificulta a integração na vida escolar e leva frequentemente ao insucesso e ao abandono da escola sem uma qualificação, o que aumenta o risco de problemas sociais futuros.  

O Programa Ser Pro pretende dar uma resposta aos jovens que queiram experimentar uma aproximação do mundo do trabalho, mantendo a possibilidade de decidir futuramente prosseguir o seu percurso educativo. 

O Programa Ser Pro vai apoiar a formação de parcerias estruturadas e robustas entre a escola, o município e as empresas, de modo a viabilizar uma oferta curricular nos cursos profissionais - ensino secundário - com uma presença mais ativa das empresas na escola, além da formação em contexto de trabalho empresarial e de uma colaboração adicional de institutos superiores politécnicos. 

A Escola, no âmbito da sua autonomia, traça o desenho curricular e adequa as matrizes dos cursos, em articulação com as empresas, de forma a permitir uma certificação de nível 4. Deve ainda garantir aos alunos um apoio suplementar caso estes queiram prosseguir estudos no ensino superior. As empresas disponibilizam-se a colaborar no desenho curricular, a articular com as escolas a formação técnica e a criar momentos de intervenção que proporcionem aos alunos um maior contacto com as especificidades técnicas dos cursos, e a aceitar alunos em formação em contexto de trabalho. O município presta o seu apoio institucional para a estabilização desta relação entre a escola e as empresas e ajuda na identificação das áreas de maior relevância e das empresas com melhores condições para esta parceria. 

O Programa Ser Pro assume-se como facilitador, nomeadamente ao: incentivar os parceiros a juntarem-se para analisar as necessidades regionais de formação de jovens e a contribuírem com soluções; promover contactos com autarquias e institutos politécnicos para obter apoios logísticos e técnicos, garantindo a qualidade dos cursos; ajudar no desenho e concretização de matrizes curriculares de acordo com as necessidades, recursos técnicos e disposições legais existentes. Após esta intervenção disponibiliza-se para acompanhar o Programa, de forma a ajudar à sua boa concretização e à necessária avaliação dos resultados.  

Além disso, tem como objetivo que, no futuro, os cursos adquiram vida própria e se desenvolvam naturalmente com a colaboração direta dos diversos parceiros.  

Escola Secundária Padre António Martins de Oliveira (Lagoa)

Técnico de Cozinha e Pastelaria & Técnico de Restaurante Bar

Agrupamento de Escolas de Sousel (Sousel)

Técnico de Indústrias Alimentares

Escola Profissional de Moura (Moura)

Técnico de Turismo Ambiental e Rural

Escola secundária António Damásio (Lisboa)

Técnico de Eletrónica, Automação e Computadores

Agrupamento de Escolas Eduardo Gageiro (Sacavém)

Técnico de Gestão e Programação de Sistemas de Informação

Escola Secundária Sebastião da Gama (Setúbal)

Desporto (Com componente Náutica)

Escola Profissional de Salvaterra de Magos (Salvaterra de Magos)

Técnico de eletrónica, automação e comando (componente de agricultura de precisão (4.0))

Agrupamento de Escolas de Seia (Seia)

Técnico de Mecatrónica

EFTA - Escola de Formação Profissional em Turismo de Aveiro

Curso de Técnico de Turismo (com componente náutica)

Conheça a escola

Agrupamento de Escolas N.º 1 de Gondomar

Curso de Técnico Auxiliar de Farmácia

Conheça a escola

Agrupamento de Escolas de Ílhavo

Curso de Técnico de Desporto (com componente náutica)

Curso de Técnico de Cozinha e Pastelaria

Conheça a escola

Agrupamento de Escolas da Maia

Curso de Técnico de Eletrónica, Automação e Computadores

Conheça a escola

Escola Profissional de Sernancelhe - ESPROSER

Curso de Técnico Auxiliar de Saúde

Conheça a escola
escolas

Onde já estamos

O programa Ser Pro está presente em 13 escolas e oferece 14 cursos profissionais desenhados em colaboração com empresas, nas áreas da eletrónica e automação, mecatrónica, desporto, saúde, tecnologias de informação, indústrias alimentares, turismo e hotelaria.

parceiros
Município de Salvaterra de Magos | Iniciativa Educação
Município de Sousel | Iniciativa Educação
Município de Moura | Iniciativa Educação
Escola Profissional de Moura - COMOIPREL | Iniciativa Educação
Agrupamento ESPAMOL | Iniciativa Educação
Agrupamento de Escolas de Sousel | Iniciativa Educação
Agrupamento de Escolas Eduardo Gageiro | Iniciativa Educação
Agrupamento Escolas Sebastião da Gama | Iniciativa Educação
Escola Profissional de Salvaterra de Magos | Iniciativa Educação
Agrupamento de Escolas de Seia | Iniciativa Educação
Pestana Hotel Group | Iniciativa Educação
Jerónimo Martins: Pingo Doce | Iniciativa Educação
Jerónimo Martins: Recheio | Iniciativa Educação
Escola de Formação Jerónimo Martins | Iniciativa Educação
Matadouro Regional do Alto Alentejo | Iniciativa Educação
Salsicharia Lameirinha | Iniciativa Educação
Terra D'Alter | Iniciativa Educação
Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos | Iniciativa Educação
Herdade da Contenda | Iniciativa Educação
Alquevatours | Iniciativa Educação
Schneider Electric Portugal | Iniciativa Educação
Equinix | Iniciativa Educação
Diginfor | Iniciativa Educação
Inetum
Biscaco, Rep. Náuticas, Lda | Iniciativa Educação
For-Mar | Iniciativa Educação
MAGOS Irrigation Systems | Iniciativa Educação
HIDRO IBÉRICA | Iniciativa Educação
Agrimagos | Iniciativa Educação
Lagoalva | Iniciativa Educação
BORGSTENA | Iniciativa Educação
ASAFIL | Iniciativa Educação
Manutrial | Iniciativa Educação
tractomoz
sem-exagero-unipessoal-lda
monte-do-ganhao-lda
Bolachinhas-de-sousel
clube-de-vela-do-sado
clube-naval-setubalense
EFTA - Escola de Formação Profissional em Turismo Aveiro
Câmara Municipal de Aveiro
Associação Laguna de Aveiro
Evasiontime - Soluções Empresariais e Desafios, Lda.
Universidade de Aveiro
Agrupamento de Escolas nº 1 de Gondomar
Câmara Municipal de Gondomar
Bial
Alliance Healthcare
Farmácia Campus S. João
FastFarma-Farmácias, LDA
Agrupamento de Escolas de Ílhavo
Câmara Municipal de Ílhavo
Clube Vela Costa Nova
Clube Natureza e Aventura de Ílhavo (CNAI)
Outdoorfeelings
Agrupamento de Escolas da Gafanha da Nazaré
Clube dos Galitos
Centro de Formação Desportiva
Centralrest
Agrupamento de Escolas de Santa Maria dos Olivais
Quinta da Alorna
Unilever/FIMA Olá
Agrupamento de Escolas de Maia
Câmara Municipal de Maia
Efacec
WEG
IP MAIA
Escola Profissional de Sernancelhe - ESPROSER
Câmara Municipal de Sernancelhe
CUF Viseu
Aldeias Humanitar
União de Freguesias Ferreirim e Macieira
Cruz Vermelha Portuguesa
Casa de Saúde São Mateus
Associação de Bombeiros Voluntários de Sernancelhe
Centro Hospitalar Tondela-Viseu
Instituto Politecnico da Guarda
Clube Remo Lusitano
Domiregas, Lda.
Instituto Politécnico de Beja
Instituto Politécnico de Portalegre
Município de Setúbal

Receba as nossas novidades e alertas

Acompanhe todas as novidades.
Subscrever