As cookies são importantes para o correto funcionamento deste site e são usadas para melhorar a sua experiência. Clique em OK para as aceitar e avançar ou consulte a nossa política de privacidade para ver a descrição detalhada do tipo de cookies que usamos.

OK
pt en
Newsletter

A Iniciativa Educação é dirigida por Nuno Crato, Inês Soares dos Santos Canas e Sara Miranda. 

Nuno Crato

Nuno Crato é professor desde 1980. Lecionou no Ensino Secundário e no Instituto Superior de Economia e Gestão, em Lisboa, onde atualmente é catedrático de Matemática e Estatística.

Foi professor e investigador nos Estados Unidos da América, onde trabalhou mais de uma década, e no Centro de Investigação Comunitário JRC, em Itália. Foi ministro da Educação e Ciência entre 2011 e 2015. Durante o seu mandato, a escolaridade obrigatória foi prolongada até ao 12.º ano, o Inglês foi introduzido como disciplina obrigatória do 3.º ao 9.º ano, e o abandono escolar reduziu para metade. Em 2015 Portugal obteve os seus melhores resultados internacionais de sempre, tendo ultrapassado países habitualmente muito bem colocados (como a Finlândia) no TIMSS em Matemática do 4º ano. Tem pugnado por um ensino exigente e rigoroso como forma de fornecer oportunidades de sucesso a todos.  

saber mais
Inês Soares dos Santos Canas

Inês Soares dos Santos Canas nasceu em 1974. Licenciada em Línguas Estrangeiras Aplicadas pela Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa, e pós-graduada em Gestão pela Nova School of Business and Economics. 

É membro do Conselho de Administração da Sociedade Francisco Manuel dos Santos SGPS SE, desde 2014. Entre 2006 e 2011, foi responsável pela gestão de projetos solidários na Entrajuda. Atualmente, coordena as iniciativas da família Soares dos Santos relativas à educação e ao combate à exclusão social. É, desde 2018, membro do Conselho de Administração da Fundação Francisco Manuel dos Santos.  

saber mais
Sara Miranda

Sara Miranda formou-se em Ciências da Comunicação na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova, e, na sequência de um estágio no jornal Público, iniciou o seu percurso profissional na RTP, em 1995, ano em que recebeu o Prémio de Ensaio do Clube Português de Imprensa.

Trabalhou na investigação para programas de informação e também em várias redações da estação pública televisiva, incluindo a do Telejornal. Paralelamente ao jornalismo, que abandonou em 1999, foi docente na Licenciatura de Comunicação Social e Cultural da Universidade Católica Portuguesa. Trabalhando sempre na área da comunicação, desempenhou, entre outros cargos, os de adjunta do Gabinete do Ministro da Cultura do XIII Governo Constitucional de Portugal, consultora sénior na agência Imago (hoje Llorente & Cuenca Portugal), responsável pela comunicação e imagem do Grupo Santander-Totta em Portugal, diretora de estratégia e, mais tarde, diretora-geral da Brandia Central. Assume funções, desde maio de 2010, como diretora de comunicação e responsabilidade corporativas da Jerónimo Martins, reportando ao presidente e administrador-delegado do Grupo.  

saber mais

Saiba mais sobre a Iniciativa Educação

Receba as nossas novidades e alertas

Acompanhe todas as novidades.
Subscrever